I FÓRUM DE POLÍTICAS PÚBLICAS DA INFÂNCIA E DA ADOLESCÊNCIA EM CURRAIS NOVOS

Currais Novos promoveu durante toda esta terça(28), o I fórum debatendo o papel do Conselho Municipal de Direitos da Criança e Adolescente na garantia de políticas públicas da infância e juventude. Participam autoridades do Judiciário, Executivo, Legislativos, Conselho Municipal de direitos, além representantes de projetos sociais realizados no municípios, profissionais de entidades ligadas a programas ligadas a criança e ao adolescente. Abrindo as conferências, o promotor Leonardo Nagashima, falou do trabalho do Ministério Público e a garantia de Políticas Públicas da Infância e Juventude. Preocupado com a cidade em que atua e vive, o juiz Marcus Vinícius, foi mais incisivo nas suas palavras. Fazendo referência a um grupo de menores infratores conhecido na cidade como “Turma do Pânico”, ele disse que: “Turma do Pânico somos nós, o Judiciário, o Executivo, o Legislativo, integrantes do sistema de garantias de políticas públicas, que permitiu que isso acontecesse, fomos omissos”. Dr Marcus cobrou políticas públicas de inclusão: “O papel do poder público é exatamente esse de providenciar políticas públicas, nós temos um exemplo do PROERD, que faz um trabalho importantíssimo, mas não tem recurso suficiente, já era para existir orçamento público para isso”, concluiu: “Infância e Juventude é prioridade absoluta no orçamento público, conto com a sensibilidade dos poderes para não precisar de uma ação pública do judiciário”.
O representante do PROERD no evento foi o Instrutor RODRIGO, que participou de todas as atividades durante o dia.
A matéria completa você pode acompanhar no site: http://cnagitos.com
Imagens e fonte: Site CN AGITOS

Comentários

Postagens mais visitadas