SÃO FERNANDO E SERRA NEGRA SE ENCHEM DE ESPERANÇA

Com certeza uma das formas mais eficazes de se lutar conta às drogas é fazendo parcerias, e é essa estratégia que o PROERD SERTÃO vem realizando por toda região do Seridó. Nesta segunda semana de novembro (2011), ocorreram dois FÓRUM DE POLÍTICAS PÚBLICAS SOBRE DROGAS na Região, na cidade de São Fernando na quarta feira dia 09 e na cidade de Serra Negra do Norte dia 11, em ambos o PROERD SERTÃO se fez presente. Em parceria com a ONG Tulipa e com o Poder Público local, os fóruns transcorreram da melhor forma possível, com muitos participantes e movimentando toda a cidade. Os policiais mentores do PROERD Sgt. Adaildo e Antoniony estiveram em ambos aplicando palestras de conscientização e motivação, para que os presentes pudessem ter atitudes diante dos problemas sociais ocasionados pelas drogas.










O Sgt Adaildo ministrou a palestra de mobilização social, mostrando que é importante não apenas o envolvimento de um ou dois indivíduos, mas da sociedade em geral em prol de um objetivo.O Sgt. Mostrou que a participação conjunta da comunidade, empresas, governos e organizações sociais é de suma importância para diminuir os problemas sociais causados pelo uso abusivo de drogas. No final das palestras o Sgt. Adaildo aproveitou para mostrar o seu talento, cantando e encantando a plateia, mostrando os seus trabalhos e dando testemunho de vida com relação a acreditar e confiar em DEUS, em seguida, ele pode autografar conversar e vender muitos CD’s. O mentor Antoniony aplicou uma palestra voltada para o mau que as drogas causam, seus efeitos e consequências, com evidência para a bebida alcoólica, uma das que mais mata em nosso País.
Os policiais ficaram satisfeitos, felizes e otimistas pelos frutos que os fóruns podem trazer, até porque em ambos pode-se notar o interesse e a vontade de realizarem uma “mudança de atitude” por parte dos que lá estavam.Os fóruns continuam pela região, e o PROERD SERTÃO com certeza estará presente, ajudando, atuando, auxiliando e engrossando essa corrente de enfrentamento as drogas e a violência.
"O trabalho social precisa de mobilização das forças. Cada um colabora com aquilo que sabe fazer ou com o que tem para oferecer. Deste modo, fortalece-se o tecido que sustenta a ação e cada um sente que é uma célula de transformação do país".

Comentários

Postagens mais visitadas